Meu quintal...

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

E se hoje for meu último dia...


Eu vivo desde O Patinho Feio, primeiro livro que me encantou, até Toy Story, uma nova visão sobre os desenhos/histórias infantis, criação da empresa de Steve Jobs no intervalo Apple.

Se no Patinho Feio chorei a discriminação, no Toy Story eu chorei o resgate do ato de amar e cuidar entre as crianças! "Gente grande", como Steve Jobs não passa pela vida somente, vivem e ensinam a viver:
"Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo - expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar - caem diante da morte, deixando apenas o que é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração."

3 comentários:

Luks Vieira disse...

Lindo texto!!! Steve Jobs com certeza deixou sua marca em muitas pessoinhas e adultos. No caso dele não seria exagero dizer o quanto ele se esforçou para realizar seus sonhos...e conseguiu.
Att.,
Luks

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Quando uma vida,
semeia o bem
em outras vidas,
seu sentido
foi encontrado
e sua semente
guardada em nosso olhar.


Que os sonhos te habitem
o coração, sempre...

FÊNIX CRUZ disse...

Verinha: doces lembranças!Concordo com os nossos amigos: texto lindo - vidas semeando o bem - o meu dia foi iluminado por vocês três! Incrível como tem gente que brilha neste mundo com uma intensidade tão radiante que nos deixa estonteados!

... e passei por aqui para lhe desejar - mesmo atrasado - perdoe-me - um feliz dia dos professores! Beijos!